Arquivos do Blog

LUZES,REFLEXOS E MECHAS CALIFORNIANAS

Luzes

As luzes são mechas bem fininhas que geralmente são feitas em todo o cabelo, desde a raiz até as pontas. Essa escolha é perfeita para quem quer clarear as madeixas de uma forma natural.

luzes-carameladas

Reflexos

Os reflexos são mechas loiras mais grossas que também podem vir desde a raiz iluminando o cabelo.Para as mulheres que desejam um loiro impactante o reflexo pode ser uma boa alternativa. Feito com mechas largas, ele é mais marcado e por isso chama uma atenção maior.

reflexos no cabelo antes e depois 1

Mechas Californianas

Modernas,elas consistem no clareamento da parte de baixo dos cabelos dando um toque de iluminação sem interferir na cor natural das madeixas.

mechas-californianas-castano

 

8 Hábitos que Destroem o Cabelo

Na correria do dia-a-dia as vezes acabamos atropelando algumas recomendações e o resultado disso não é nada legal. Então vamos relembrar 8 hábitos que não são amigos das madeixas!

Então vamos lá!

Deixar condicionador no cabelo

Principalmente quem pena com os fios secos, é tentada a cada banho. O cabelo fica macio e escorre pelo pente debaixo do chuveiro, e você sonha em manter aquela sensação pelo dia todo. Mas não pense que deixar o creme no cabelo é melhor maneira de conseguir isso. Os condicionadores abrem as escamas dos fios. Assim conseguem penetrar e tratá-los. Mas deixar o produto depois do banho é péssimo, porque as escamas não se fecham, o cabelo fica elástico e acaba se quebrando à toa.

Usar máscara hidratante na praia

Não adianta inventar. Para tomar sol, o ideal é passar um creme sem enxágue com proteção solar. E nada mais. Muitas mulheres acham que, usando uma máscara mais poderosa estão protegendo o cabelo. Na verdade, elas estão queimando os fios. Esses produtos, além de não formarem uma capa contra os raios ultravioletas, têm um tempo de permanência. Excedê-lo enfraquece os cabelos.

Prender os fios molhados

Fazer isso uma vez ou outra não tem problema nenhum. Mas achar que vai domar o volume dos fios dando um bom nó em volta deles é assinar um atestado de raiva permanente. Manter o couro cabeludo molhado por muito tempo faz juntar fungos e criar caspa, além de enfraquecer a raiz e provocar a queda. Usar um leave-in e evitar o vento enquanto a cabeça não seca são medidas suficientes para evitar o cabelo armado demais.

Passar chapinha no cabelo molhado

Este é um daqueles pecados sem misericórdia nenhuma. A gravidade é tanta que dá para sentir os efeitos na mesma hora. Os fios são profundamente agredidos. Além de queimados, eles se quebram. O único jeito de consertar é cortando. Antes de usar a prancha, seque bem os cabelos. Nem úmidos eles podem estar.

Ficar mais de três meses sem cortar

Para muita gente, isso é papo de cabeleireiro. Mas não é, fique certa. A não ser que seu cabelo demore muito para crescer, este é o tempo médio de duração de um corte. Passada essa fase, as pontas começam a abrir e os fios quebram-se com facilidade. Os arrepiados aumentam o volume e os fios fracos começam a cair.

Desembaraçar com escovas maleáveis demais

As cerdas moles são de manuseio mais difícil, além de quebrarem os fios. Por isso, os especialistas recomendam um pente com dentes bem largos e firmes ou uma escova do tipo raquete, mais resistente.

Esquecer as hidratações

A hidratação tema a capacidade de dar leveza e nutrir os cabelos, recuperando a maciez, o brilho e o aspecto saudável deles. Em função do grande uso dos produtos químicos (tinturas, alisamentos, relaxamento e etc.), os fios tendem a ficar danificados. A função da hidratação é de reverter tudo isso. Mesmo os fios oleosos merecem hidratações, feitas com produtos específicos.

Fazer mais de duas químicas

Você precisa escolher os tratamentos que quer aplicar. Relaxamento, coloração, progressiva, luzes… tudo isso junto deixa os fios porosos e fracos demais, arrebentando todas as pontas. Escolha dois tratamentos, no máximo, e faça hidratações mensais, no mínimo.

%d blogueiros gostam disto: